Entre Ases e Reis no Velocult

SAMSUNG

Coloque para tocar o Hino das Mil Milhas Brasileiras aí, porque vamos voltar no tempo!
O Velocult 2013 expõe carros clássicos, troféus, capacetes e outros itens da época de ouro do automobilismo brasileiro.

A exposição começou no dia 25 de fevereiro e termina em 18 de março, no Conjunto Nacional. Entre as joias estão: a Alfa Romeo, da equipe Jolly; o Willys Interlagos 22, de Bird Clemente; Alpine A110, de Chico Lameirão; Maverick-Berta, da Equipe Hollywood, e se você ainda não se convenceu a sair de casa, também está lá a Carretera amarela 18, de Camillo Christófaro e Eduardo Celidônio, que cruzou a linha de chegada em primeiro lugar em 1966, na mais fantástica prova do automobilismo brasileiro, a VIII Mil Milhas Brasileiras!
Continuar lendo

Anúncios

Tratores, Touros, Supercarros e 2 Italianos Cabeçudos

GHB Exp

Em 20 de fevereiro de 1993, há exatos 20 anos e um dia, morria Ferruccio Elio Arturo Lamborghini aos 76 anos (acho que já comecei um post assim…). Assim como seu “arqui-inimigo”, Enzo Ferrari, teve extrema importância para o mundo dos supercarros esportivos.

Ferruccio nasceu na pequena cidade de Cento, na Itália, em 1916, filho de viticultores, ou fabricantes de vinho, para simplificar. Logo no início, desenvolveu gosto pela mecânica e foi estudar no instituto técnico Fratelli Taddia. Com o início da Segunda Guerra, se juntou a Regia Aeronautica, a força aérea italiana, para trabalhar como mecânico na ilha grega, na época italiana, de Rodes. Sim, a mesma do Colosso de Rodes e da mitologia.
Assim como Enzo, Ferruccio ajudou os fascistas, mas não vamos discutir se estava certo ou errado nisso.
Em 1945, quando os britânicos tomaram a ilha, foi feito prisioneiro de guerra e despachado depois de um ano de volta para casa.
Continuar lendo