Classic Cup

Neste último fim de semana, lá em Interlagos, rolou a primeira etapa da Classic Cup, Hot Car, Copa Marshal de Marcas e Pilotos, Fórmula Vee…

Estava, como sempre, muito bom.
Continuar lendo

Anúncios

Tratores, Touros, Supercarros e 2 Italianos Cabeçudos

GHB Exp

Em 20 de fevereiro de 1993, há exatos 20 anos e um dia, morria Ferruccio Elio Arturo Lamborghini aos 76 anos (acho que já comecei um post assim…). Assim como seu “arqui-inimigo”, Enzo Ferrari, teve extrema importância para o mundo dos supercarros esportivos.

Ferruccio nasceu na pequena cidade de Cento, na Itália, em 1916, filho de viticultores, ou fabricantes de vinho, para simplificar. Logo no início, desenvolveu gosto pela mecânica e foi estudar no instituto técnico Fratelli Taddia. Com o início da Segunda Guerra, se juntou a Regia Aeronautica, a força aérea italiana, para trabalhar como mecânico na ilha grega, na época italiana, de Rodes. Sim, a mesma do Colosso de Rodes e da mitologia.
Assim como Enzo, Ferruccio ajudou os fascistas, mas não vamos discutir se estava certo ou errado nisso.
Em 1945, quando os britânicos tomaram a ilha, foi feito prisioneiro de guerra e despachado depois de um ano de volta para casa.
Continuar lendo

Salão Internacional dos Veículos Antigos

DSCF6672

No final de novembro, foi realizada a segunda edição do Salão Internacional dos Veículos Antigos, em São Paulo.

O evento contou com clássicos de todas as gerações e de diversos países. De Ford dos anos 30 à um Fusca com direção na direita. Ou da Ferrari 308 (àquela do Magnum) até o Lorena, nacional fabricado quase que a mão.

O Salão dos Antigos tinha uma boa organização, e estava… vazio. Sim, ele não foi tão badalado quanto o Salão Internacional do Automóvel São Paulo 2012. Ótimo.

Tinha um clima familiar, de nostalgia, sem um enxame de pessoas para ver o adocicado Camaro Amarelo. Não tinha as musas ao lado das novas máquinas. Mas isso foi compensado pelas belas baladeiras da Oktoberfest, festa que dividia o mesmo espaço.

Contudo, aproveitem um pouco do que tinha lá…
No entanto, aguradem e acompanhem, alguns posts mais específicos sobre as preciosidades que lá estavam!

A Amoritz GT e o DoniRosset

“Quando você tem as pessoas certas você faz a coisa certa. Mesmo que não tenha as condições. A vontade é o segredo do homem”. Esta frase é de ninguém menos do que Jorge Lettry, para falar dele precisaria ser feito outro post, ou outros posts. Mas resumindo, foi dita em uma entrevista sobre o DKW Carcará, carro que bateu o recorde de velocidade no Brasil em 1966, alcançando a incrível marca de 214 km/h, com um motor dois tempos 1.100 cilindrada. Detalhe: Produzido em uma mecânica de tratores.
Mas o que isso tem a ver com o superesportivo brasileiro DoniRosset? Tudo.

Continuar lendo

Sobre Carros Elétricos e Sua Popularização

 

Começo com um trecho da música World Painted Blood, do Slayer: “o sonho de Gomorra de viver em pecado alcançou a massa crítica”, ou seja, não podemos mais viver nosso modo de vida perdulário esgotando o planeta.
Na busca de uma solução, se fala que os carros híbridos e elétricos são a solução ecológica para nosso ir e vir diário. DESCORDO! A popularização em massa de carros movidos à energia elétrica está como a ficção científica: um dia viram realidade. Mas quando? Precisamos de uma solução agora.
Continuar lendo